Menu Busca
  1. Home
  2. Sobre a Setin
  3. Imprensa

Imobiliário passa por desaceleração gradual

Publicado em 14 de Junho de 2011 Voltar

DCI / SP, Paula Cristina

Depois de um crescimento puxado pela ampliação do crédito e pelo aumento da classe C, o setor imobiliário brasileiro começa a sentir desaceleração gradual, que acende o sinal amarelo no segmento e suscita o receio de ocorrência de bolha imobiliária.

"A desaceleração do setor imobiliário faz parte de um processo natural na evolução econômica de países emergentes. Há rumores de uma possível bolha imobiliária no País, que não têm sentido, mas afugentam o investidor", disse Jim Fetgatter, CEO da Association of Foreign Investors in Real Estate (Afire), entidade da indústria imobiliária norte-americana. Boatos ou não, o risco da bolha imobiliária fez com que os catalães da Chain Holding viessem acompanhar o sistema brasileiro de imóveis de perto.

De acordo com o vice-presidente da empresa, Guillermo Gaspart, é necessário entender a economia nacional. "Há cautela com relação aos investimentos, não apenas aqui. No Brasil, percebemos que não há grandes riscos de bolha enquanto não houver uma grande tradição de hipotecas", disse Gaspart.

Por outro lado, apesar da falta de popularidade entre os brasileiros, a hipoteca pode gradualmente ganhar espaço. A perspectiva é da companhia hipotecária Domus, que neste ano pretende ampliar sua carteira de clientes com aqueles dispostos a dar sua residência como garantia em troca da concessão de crédito.

O objetivo da empresa é fechar este mês com uma carteira estimada em R$ 50 milhões. "Apesar de ter sido o pivô da crise norte-americana, a hipoteca de imóveis deve se disseminar nos próximos meses no Brasil, já que várias empresas e também vários bancos têm experiências positivas neste sentido, ao contrário do que ocorreu lá fora", prevê Geraldo Majela, presidente da empresa.

Entre as empresas voltadas à área de incorporação, nem os sinais de desaceleração devidos à alta de imóveis e terrenos assusta, de acordo com Antônio Setin, presidente da empresa que leva seu sobrenome e cujo objetivo é crescer 18% este ano. "O Brasil vive um bom período econômico, com confiança do consumidor em comprar e economia estável", declarou Setin.

Apesar do otimismo, os números pedem atenção. O Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP) apontou que em São Paulo houve recuo de 44% das vendas no primeiro quadrimestre, ante 2010.

Voltar

Confira os últimos lançamentos

Preencha os campos abaixo e em breve retornaremos para você.

X

Desejo receber informações sobre o imóvel por WhatsApp.

X

Política de privacidade

Política de privacidade para o site da SETIN

Com o objetivo de tornar o acesso ao nosso site mais produtivo e preservar as informações dos nossos usuários, todos os dados pessoais e relativos ao comportamento de navegação do usuário captados, serão protegidas por sigilo e utilizados exclusivamente pela SETIN Incorporadora e parceiros autorizados. A SETIN respeita a privacidade dos usuários e a garantia da confidencialidade de seus dados pessoais. Portanto, o uso deste site pressupõe a aceitação deste Acordo de Privacidade. A equipe da SETIN reserva-se no direito de alterar este acordo sem aviso prévio. Deste modo, recomendamos que consulte esta seção de política de privacidade com regularidade de forma a estar sempre atualizado.

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informações relativas as suas preferências e comportamento de navegação em nosso site, bem como informações pessoais que você venha a preencher em nossos formulários de contato. Ao acessá-lo você concorda que seu device armazene automaticamente um cookie. A qualquer momento você pode desativar a gravação de cookies, nas opções do seu navegador e software antivírus, bem como excluí-los de seu device. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso site.

Ligações externas

Com o objetivo de melhorar a experiência de navegação dos nossos usuários, o nosso site possui ligações com sites e ferramentas de terceiros. A nossa política de privacidade não é aplicada a sites/ferramentas de terceiros, pelo que, caso visite outro site ou utilize uma ferramenta de terceiros a partir do nosso site deverá ler a política de privacidade do mesmo. Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses mesmos sites. Possíveis solicitações ou dúvidas devem ser encaminhadas ao nosso Serviço de Atendimento ao Cliente, no endereço eletrônico: sac@setin.com.br.

X